Publicidade

Economia

SP: queda na venda de imóveis novos

POSTADA EM: 10/11/2015  |  POR: (Folhapress)

Divulgação

A comercialização de imóveis residenciais novos sofreu queda de 50,1% em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado. A informação foi divulgada ontem pelo Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP).
Foram vendidas 1.392 unidades, contra 2.787 de setembro de 2014.
De acordo com o sindicato, a forte retração é explicada pela base de comparação elevada. A Copa do Mundo derrubou os negócios em julho, entretanto houve reação nos meses seguintes. Setembro foi o terceiro melhor mês de 2014.
Na comparação com agosto deste ano (1.606 unidades), a queda em setembro foi de 13,3%.
No acumulado de janeiro a setembro de 2015, foram negociadas 13.698 novos imóveis residenciais ante as 14.374 vendidas no mesmo período de 2014 - queda de 4,7%.
Em relação aos últimos 12 meses, as vendas caíram 5,4% (20.900 unidades contra as 22.102 do período entre outubro de 2013 e setembro de 2014).
Os dados apontam que o tíquete médio dos imóveis passou de R$ 479 mil, em agosto, para R$ 605 mil, em setembro. De acordo com o Secovi-SP, o crescimento se deve a maior quantidade de vendas de imóveis de quatro ou mais dormitórios em todo o ano.

Lançamentos

O número de lançamentos residenciais caiu em 74,3% na comparação entre setembro de 2015 (1.057 unidades) e o mesmo mês do ano anterior (4.106). Em relação a agosto deste ano (1.760), a redução foi de 39,9%. De acordo com o sindicato, a forte retração é justificada pela base de comparação elevada.
“É bom lembrar que, em 2014, tivemos Copa do Mundo e aprovação do novo Plano Diretor Estratégico, além de eleições, fatores que contribuíram para incrementar o número de lançamentos nos últimos meses do ano”, afirmou o economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci.

 

Mais de 13,6 mil novos imóveis são negociados em nove meses de 2015

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO