Publicidade

Economia

Descontos tiram atrativo de imóvel na planta

POSTADA EM: 23/02/2016  |  POR: (Folhapress)

Foto: Divulgação

 

Comprar um imóvel na planta era uma forma de conseguir um preço mais em conta quando o bem ainda era só uma promessa. A regra era que o apartamento valesse mais depois de pronto.
Mas, por causa do excesso de estoque, muitas construtoras e incorporadoras têm vendido empreendimentos prontos com descontos de até 40% do valor pedido anteriormente, dimensiona Reinaldo Fincatti, diretor da Embraesp.
Segundo a consultoria, em 2015, o valor médio dos apartamentos lançados no município de São Paulo caiu 8,51%. Com isso, muitos compradores que pagaram cerca de 30% do imóvel durante a fase de construção descobrem, na entrega das chaves, que o que resta para quitar o imóvel excede o valor de unidades idênticas, prontas, que estão com desconto.
O resultado é que eles cancelam a compra e engrossam o número de casos de distrato, que, segundo a agência Fitch, bateu em 41% em 2015 no País, considerando nove empresas do setor. Entre os desistentes estão também aqueles que perderam o emprego ou não conseguem financiamento.
“Quando o comprador fez o acordo com a construtora, há dois ou três anos, a taxa de juros permitiria que ele financiasse o restante da dívida depois das chaves”, diz o diretor da consultoria Amaral d’Avila Engenharia de Avaliações e sócio da empresa de análises imobiliárias Geoimovel Celso Amaral.  “Os juros subiram e esse mesmo comprador não consegue mais o crédito.”

Distratos

Os apartamentos devolvidos acabam sendo oferecidos também com desconto, o que eleva o número de distratos de quem comprou na planta.

 

Valor médio dos apartamentos lançados na capital paulista tem queda de 8,51%

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO