Publicidade

Decoração

A personalidade e o charme dos cobogós

Tradicional na arquitetura brasileira, o cobogó, também conhecido como bloco vazado, é bastante usado nas construções residenciais, comerciais e até industriais.

POSTADA EM: 18/05/2015  |  POR: Redação

Tradicional na arquitetura brasileira, o cobogó, também conhecido como bloco vazado, é bastante usado nas construções residenciais, comerciais e até industriais. Além de proporcionar um inusitado efeito estético ao ambiente, também possui finalidades funcionais.

Criado na década de 20, em Pernambuco, esses elementos vazados se popularizaram no Brasil por volta dos anos 1950. Seu nome engraçado foi dado devido aos sobrenomes de seus criadores. Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis.

Inicialmente, os cobogós eram feitos apenas de cimento, mas com o passar do tempo ganharam moldes em outros materiais, como argila, vidro, cerâmica, etc. Os formatos também variam, desde os mais simples, com uma geometria básica, até as peças mais complexas e sofisticadas, e alguns levam azulejos e ladrilhos.

Os cobogós são peças-chave para completar paredes e muros, proporcionando maior ventilação e luminosidade no interior dos ambientes.

Com o poder de substituir uma parede, eles também servem para fechar ambientes e dividi-los, dando privacidade no interior do espaço utilizado.

Alguns arquitetos também usam os cobogós em fachadas como parte exclusiva da decoração. Independentemente da finalidade vale a pena investir no charme dos cobogós e dar mais personalidade em seus ambientes.

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO