Publicidade

Locação

Extra no orçamento

POSTADA EM: 27/07/2016  |  POR: Agência Brasil

A estilista Bruna Tavares da Costa, 38 anos, alugou seu apartamento de três quartos na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, por um fim de semana com meses de antecedência para cinco casais brasileiros. O valor das diárias vai cobrir uma viagem internacional da família.
“A casa já vai ficar vazia mesmo e dando gasto, então é um dinheiro bem-vindo. Mas dá trabalho, pois temos que organizar tudo, guardar alguns objetos, para deixar a casa prontinha”, conta a estilista.
Após ser surpreendido pela crise financeira que o deixou desempregado no início do ano, o engenheiro elétrico Marcos Serrão, 28 anos, decidiu investir no aluguel do apartamento próprio de dois quartos em Copacabana, zona Sul, e passar um tempo com os pais.
“Como era muito difícil alugar o apartamento todo, decidi desmembrar e passei a alugar os quartos, sendo a cozinha, o banheiro e a sala compartilhados,” contou ele, que durante a Olimpíada conseguiu alugar o apartamento inteiro para um grupo.

Copacabana

O engenheiro conta, entretanto, que a oferta de apartamentos aumentou tanto na cidade que não está valendo tanto a pena o aluguel por temporada. “Acho que tem muita gente que não consegue vender nem alugar e está tentando por temporada para fazer um extra. Há também aquelas pessoas que moram em um apartamento muito grande, os filhos saíram de casa e estão alugando um dos cômodos”, comentou. “Por conta disso, os preços despencaram, especialmente, em Copacabana”, comentou ele.
Em Copacabana a média da diária de um apartamento de dois quartos está em R$ 1,1 mil, similar ao valor cobrado no réveillon. Já na Barra da Tijuca, os preços aumentaram um pouco mais para o período da Olimpíada, com média diária de R$ 1 mil em comparação com R$ 795 na virada do ano novo.

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO