Publicidade

Locação

Número de ações locatícias diminui 5%

POSTADA EM: 19/10/2016  |  POR: (Da redação)

De acordo com levantamento realizado pelo Departamento de Economia e Estatística do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais de São Paulo (Secovi-SP) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o número de ações locatícias caiu 5% na cidade de São Paulo. Foram ajuizados 1.562 processos no oitavo mês do ano, contra os 1.645 de julho. Comparado ao mesmo mês do ano anterior, quando foram registradas 1.530 ações, houve aumento de 2,1%.
As ações por falta de pagamento de aluguel responderam por 88,7% dos casos, com 1.385 processos. Já as 99 ações ordinárias/despejo tiveram participação de 6,3%. As renovatórias e as consignatórias representaram, respectivamente, 4,7% (74 processos) e 0,3% (4).

Acumulado

De janeiro a agosto, o levantamento apontou redução no acumulado ano com 11.436 ações, 11% a menos que as 12.846 ajuizadas no mesmo período do ano anterior. O total de ações acumuladas entre setembro de 2015 e agosto de 2016 foi de 16.213 casos, uma redução de 12,3% diante do acumulado de setembro de 2014 a agosto de 2015, com 18.483 ações.
O diretor de Legislação do Inquilinato do Secovi-SP, Jaques Bushatsky, atribui a queda aos acordos amigáveis. “Mesmo diante da crise econômica e da quantidade de desempregados, diminuiu ou foi ínfimo o crescimento da quantidade de ações de despejo. As pessoas estão insistindo em acordos, somente indo ao Fórum aqueles casos impossíveis de solucionar, nos quais, por sinal, os juízes sequer têm tentado a conciliação, pois essa se mostra praticamente impossível”, explica.

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO