Publicidade

Novidades

Cresce leque de equipamentos com Construcard

POSTADA EM: 30/11/2016  |  POR: Agência Brasil
O presidente Michel Temer e o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, na apresentação do novo cartão Construcard

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O presidente da República, Michel Temer, anunciou medidas voltadas para estimular o setor de material de construção e da construção civil e, consequentemente, expandir a criação de empregos.
Depois de ter lançado o Cartão Reforma - linha de financiamento de até R$ 5 mil para a reforma de casas - o governo informou que está ampliando o leque de equipamentos que podem ser adquiridos por meio do cartão Construcard, uma outra linha de crédito também destinada à compra de material de construção.
O Construcard foi criado em 1998 e, desde agosto, conta com uma linha de crédito de R$ 7 bilhões não só para a construção, mas também para reforma e ampliação de imóveis residenciais.
Diferentemente do Cartão Reforma, para acessar esse crédito o beneficiário não depende de autorização de autoridades municipais ou do Ministério das Cidades. Basta ao interessado ir a uma agência da Caixa Econômica Federal. A expectativa é de que ele venha a beneficiar 2 milhões de pessoas.

Emprego

Segundo o presidente Michel Temer, entre os objetivos do cartão está o de praticar uma política social eficiente. “Temos ciência e consciência de que a construção civil é o setor que mais rapidamente pode gerar empregos. Por isso, temos praticado atos de incremento à construção civil, àqueles que produzem materiais, aos empreendedores dessa área, e que gere mais emprego”, disse o ele durante a cerimônia em Brasília.
“Quando resolvemos aumentar o número de construções do Minha Casa Minha Vida, o que temos em mente é incrementar esse setor e, por consequência, aumentar a demanda de materiais de construção e (as vagas de) o emprego”, acrescentou.
Por meio do Construcard, as pessoas terão seis meses para fazer compras de material de construção, armários não removíveis, piscinas, elevadores, caixas de água, aquecedores solares e equipamentos de geração de energia solar e eólica. As compras só podem ser feitas em lojas autorizadas pela Caixa Econômica Federal.
A novidade anunciada significa a possibilidade de aquisição de aparelhos de eficiência hídrica e energética, caso de equipamentos para sistema de reutilização de água e fossas ecológicas, e equipamentos para segurança residencial.
De acordo com a Caixa, o processo de aquisição do cartão ficou mais ágil. “Incluímos agora a possibilidade de adquirir equipamentos para o sistema de abastecimento, reuso e uso eficiente da água e também de sistemas de segurança, como cercas elétricas, monitores de vigilância de ambientes e sirenes”, detalhou o presidente da Caixa, Gilberto Occhi.

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO