Publicidade

Economia

Locação de imóveis residenciais cresce 5,88% em São Paulo

POSTADA EM: 28/12/2016  |  POR: (Da redação)

Depois de dois meses em baixa, em novembro, o mercado de locação residencial na cidade de São Paulo apresentou crescimento de 5,88% no número de casas e apartamentos alugados em relação a outubro. Foram consultadas 320 imobiliárias pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP), e do total de imóveis alugados, 54,68% eram apartamentos e 45,32%, casas.
Os aluguéis subiram em média 4,12% no período, mas nos últimos 12 meses acumulam baixa de 2,05%. Com o aluguel perdendo para a inflação, que em 12 meses até novembro está 6,99% pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de unidades alugadas este ano acumula crescimento de 26,37%.
“O que tem forçado o aluguel para baixo ao mesmo tempo em que o número de locações cresce é a crise econômica que reduz o poder de compra nas duas pontas do sistema: de quem não pode comprar e opta forçosamente pela locação e de quem precisa alugar para reduzir as despesas com condomínio e impostos”, afirma o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto.
Essa “conjunção de necessidades” faz que os valores acabem se ajustando à capacidade de pagamento dos novos locatários, explica Viana. “Quem não se ajusta fica com o imóvel fechado, e imóveis fechados com placa de ‘aluga-se’ se contam aos montes na capital”, acrescenta.

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO