Publicidade

Decoração

Vegetação

Muro coberto por hera requer manutenção

POSTADA EM: 28/02/2017  |  POR: (DA REDAÇÃO)
Poda da hera pode ocorrer a cada dois ou três meses, após a fixação da planta ao muro

Fotos: Divulgação

Muros cobertos por heras provocam efeitos muito bonitos nos imóveis, mas pedem manutenção. Antes de plantar a trepadeira, conserte eventuais rachaduras, pinte e impermeabilize o muro – isso ajudará a evitar problemas futuros. Um benefício da hera é ajudar a reduzir o calor.
Além da unha-de-gato, outras trepadeiras que podem revestir a fachada da casa são a Hedera canariensis e a falsa-vinha, conhecida como hera-japonesa. O mais adequado é que o plantio seja feito em uma área de pleno sol ou meia sombra.
Indica-se que as mudas sejam colocadas em canteiro rente à parede a ser coberta. A recomendação é que planta não crie raízes na parede, mas apenas apoie os ramos nela.
O tempo para que a hera se fixe pelo muro costuma ser de um ou dois anos, período durante o qual podas mensais ou bimestrais ajudam a garantir o crescimento correto da planta.
Depois que a planta finalmente se fixa ao muro, a poda pode ocorrer a cada dois ou três meses. Se o corte não acontecer regularmente, o engrossamento dos caules e consequente sobrepeso podem danificar o muro.

Água

As plantas devem ser irrigadas a cada dois ou três dias. Vale ressaltar que a necessidade de poda e água varia conforme o clima de cada região. Quanto mais sol e chuva, maior será o crescimento da planta – floristas, paisagistas ou podadores podem prover consultoria sobre o assunto.

 

Hera, assim como outras plantas, dá vida a ambientes (legenda galeria)

Galeria

Publicidade

Pesquisa avançada

FINANCIAMENTO

SIMULAÇÃO CAIXA FEDERAL

MINHA CASA MINHA VIDA

OUTROS TIPOS DE FINANCIAMENTOS

CORRETORES CADASTRADOS

DICAS

CONTATO

COMERCIAL

REDAÇÃO